Alopecia: causas e tratamentos

Esclareça todas as dúvidas sobre Alopecia

0

Antes de aprofundarmos as causas da Alopecia e os seus tratamentos comecemos por verificar o que é a Alopecia:

 

O que é a Alopecia?

 

A alopecia é uma doença caracterizada pela redução parcial ou total de cabelo, do couro cabeludo, ou de pelos de qualquer outra região do corpo. Num caso de alopecia o cabelo cai, deixando visível o couro cabeludo ou a pele, esta patologia apresenta diversas causas e, consequentemente, diversas forma de tratamento. Pode ter uma evolução progressiva e é muito mais comum nos homens do que nas mulheres.

 

Tipos e Causas da Alopecia

 

Existem vários tipos de alopecia, divididos de acordo com a sua origem e sintomas.

Alopecia androgenética

Também designada calvície comum, é a perda de cabelo causada por fatores genéticos. Este tipo de alopecia é o mais frequente sendo responsável por 95% dos casos. Associada a uma tendência genética que influência um tipo de testosterona – dihidrotestosterona (DHT) – que, por fim, debilita o folículo piloso. Por isto, é mais frequente nos homens manifestando-se em 90% com mais de 21 anos.

Alopecia areata

É caracterizada pela perda de cabelo sob a forma de mechas redondas numa ou várias zonas do couro cabeludo. Causada por fatores auto-imunes ou pela perturbação do sistema emocional. A alopecia areata é reconhecida pela perda rápida, parcial ou total de cabelo em várias áreas do couro cabeludo.

Alopecia difusa ou de eflúvio

Perda de cabelo progressiva que não chega a produzir uma calvície total. Neste caso o cabelo adquire um aspecto fraco e sem vida, o indivíduo percebe a sensação de escassez.  Este tipo de alopecia pode desenvolver-se, entre outros fatores, por causas endócrinas, problemas nas glândulas endócrinas como o hipertiroidismo ou o hipotiroidismo, tendo por isto uma maior incidência entre as mulheres. Por o uso de medicamentos que podem influenciar a queda difusa e o afincamento do cabelo, como os anticoagulantes, tratamentos de quimioterapia, fármacos psiquiátricos, anticoncetivos orais, entre outros. Outro fator é a alimentação que é de extrema importância para a saúde do cabelo e para prevenir a alopecia difusa. Se o cabelo não tiver os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento fica seco, quebradiço e fino. Assim, os distúrbios alimentares, como anorexia nervosa ou bulimia, também contribuem para o desenvolvimento da alopecia.

 

Alopecia Seborreica

Causada por uma dermatite, esta ocorre quando a pessoa possui escamação (caspa), coceira e eritema no couro cabeludo.

 

Outras causas ou tipos de alopecia, são:

* Dieta pobre em ferro, esta afeta principalmente mulheres, onde se corta o consumo de carne vermelha e vegetais ricos em ferro, a carência de ferro no organismo leva a uma diminuição da quantidade de oxigénio, não chegando uma fração suficiente ao bulbo fazendo com que os fios nasçam já enfraquecidos.

* Alérgica, os indivíduos alérgicos ao glúten do trigo e à lactose ou caseína do leite de vaca são mais propensos a terem calvície.

* Traumática, onde o indivíduo tem o hábito de arrancar fios de cabelo constantemente ou por traumatismo na cabeça.

 

Sinais de Alopecia

 

O principal sintoma da alopecia é a queda de mais de 150 fios de cabelo por dia. Situações que nos indicam que a queda de cabelo está a acontecer são:

* Encontrar bastantes fios de cabelo na almofada ao acordar;

* Queda de cabelo abundante quando lava ou penteia o cabelo;

* Passar a mão, suavemente, no cabelo e haver uma intensa queda do mesmo;

* Conseguir visualizar facilmente o couro cabeludo em determinadas áreas da cabeça.

 

O que causa a queda de cabelo

* Fatores genéticos;

* Micose no couro cabeludo;

* Uso de medicamentos;

* Stress;

* Reação hormonal pós-parto e na menopausa;

* Uso de químicos inadequados;

* Doenças na tiróide;

* Deficiência de proteínas, ferro, biotina e zinco.

 

Tratamentos para a Alopecia

 

Travar ou mesmo inverter a queda de cabelo depende muito de um diagnóstico preciso e do tipo de tratamento utilizado. Existem tratamentos para cada caso específico e particular. O tratamento capilar, ao depender do indivíduo a ser tratado e do tipo de queda de cabelo, requer uma análise minuciosa e uma seleção do tratamento adequado para produzir os efeitos desejados.

Existem três níveis de intervenção para o tratamento da alopecia:

* Tópico – Atualmente não existe dúvida de que o produto mais eficaz aplicado diretamente no couro cabeludo é o medicamento minoxidil. Os médicos associam, por vezes, um champô apropriado.

* Sistémico – A administração de Finasteride (comprimidos) por via oral, que vão bloquear a ação da hormona masculina no folículo piloso, constitui, em muitos casos, uma ajuda preciosa. Sabe-se hoje que a dose eficaz na mulher é bastante mais alta que a dose eficaz no homem, embora na maior parte dos países a administração a mulheres não esteja ainda regulamentada. A associação de polivitamínicos ou oligoelementos, por via oral, é comum no tratamento da alopecia, embora a sua utilidade não seja óbvia, exceto em casos  de distúrbios alimentares ou em que exista carência de algum nutriente.

* Cirúrgico – O tratamento cirúrgico da alopecia consiste no transplante capilar ou no implante capilar. Os primeiros transplantes para reduzir a alopecia androgenética efetuaram-se há meio século, tendo a técnica evoluindo muito nos últimos anos.

O transplante capilar é um dos tratamentos mais eficazes e duradouros, uma vez que os resultados são permanentes, dado que o cabelo implantado não está sujeito aos fatores genéticos que provocam a sua queda.

 

Transplante Capilar da MediCapilar

 

Em Portugal a MediCapilar utiliza o método comprovadamente mais eficaz, o FUE. Possui uma equipa de profissionais de saúde de referência com mais de 6 anos de experiência. Apresenta excelentes resultados, utiliza a avançada técnica de extração individual dos folículos capilares, sem recorrer a cortes do couro cabeludo e sem cicatrizes, o cabelo fica com um aspecto totalmente natural.

 

Não perca mais tempo e marque já a sua Consulta de Avaliação Capilar Gratuita >>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Está a um passo de mudar a sua vida.

Marque já a sua Avaliação Capilar Gratuita
e sem compromisso



Li e tomei conhecimento da política de privacidade e do direito de informação.