13 COISAS QUE NÃO DEVE FAZER AO CABELO

Um cabelo bem cuidado e saudável passa uma melhor imagem de nós!

Quem não deseja ter um cabelo saudável, brilhante e sedoso que se acuse! Ninguém? Bem nos parecia! O cabelo vai muito além da estética, é a “imagem de marca” de cada pessoa, seja liso, encaracolado, preto, ruivo, loiro ou volumoso, o cabelo influencia a nossa auto-estima, a forma como nos apresentamos e como os outros olham para nós. É inequívoco, que um cabelo bem cuidado e com um aspeto saudável, passa uma melhor imagem de nós.
 

As nossas preocupações passam muito pela estética, como o pintar ou apanhar, mas é o fator menos importante! Para ter o cabelo que sempre sonhou deve evitar certos erros na hora de tratar e cuidar, deixamos-lhe uma lista de coisas que pode mudar na sua rotina diária e começar hoje mesmo a tratar melhor do seu cabelo.

 

Saiba 13 coisas que não deve fazer ao seu cabelo:

 

1. Dormir com o cabelo molhado

 
Devido à rotina pode-lhe ser mais conveniente lavar o cabelo à noite, se for esse o caso, seque bem o cabelo após o banho. Além de poder ficar constipada, o cabelo fica mais frágil o que vai fazer com que quebre com mais facilidade e tende a embaraçar mais facilmente. Outra consequência é que a humidade promove um bom ambiente ao desenvolvimento de fungos que depois permanecem na fronha da almofada.

 

2. Usar champô seco

 
Excessos nunca são positivos; o champô seco retira a oleosidade natural, o seu uso em demasia, pode afetar a produção de óleo natural pelo couro cabeludo e retirar as camadas protetoras dos fios.

 

3. Pintar o cabelo de uma só cor

 
O cabelo tem vários tons naturais, ao pintá-lo de uma só cor está a retirar-lhe essa característica que lhe proporciona volume. Se utilizar mais do que uma cor, mesmo com pequenas diferenças, ao receber luz de diferentes formas o cabelo parece mais volumoso e saudável.

 

4. Lavar o cabelo de qualquer maneira

 
Podemos até lavar o cabelo todos os dias, a frequência vai depender do tipo de cabelo, do ambiente ou das nossas atividades. Seja qual for a regularidade com que lava o cabelo deve-o fazer corretamente! Se o cabelo estiver muito sujo deve aplicar champô 2 vezes, uma primeira vez para retirar a sujidade superficial e a segunda vez para limpar o couro cabeludo. Não embarace o cabelo no topo da cabeça, higienize com movimentos suaves e circulares, não utilize as unhas mas sim as pontas dos dedos. Aplique sempre um condicionador nas pontas para estas ficarem seladas. Semanalmente ou de 15 em 15 dias, utilize uma máscara, esta deve ser usada depois do champô e antes do condicionador.

 

5. Colocar champô nas pontas e amaciador no couro cabeludo

 
Cada produto tem a sua finalidade, o champô é usado para limpar o cabelo e deve ser aplicado apenas no couro cabeludo para retirar o excesso de oleosidade e evitar aplicar nas pontas já que se trata de uma região com menos óleo. Já o condicionador é exclusivo para as pontas para as nutrir e selar.

 

6. Esfregar com a toalha

 
A fricção causada pela toalha leva à união dos fios capilares que acabam por partir ou embaraçar. Tente usar uma camisola de algodão, que já não utiliza, e que seja macia para o ajudar na secagem após o banho, enrole a mesma em volta do cabelo e esprema a água desde da raiz até as pontas sem friccionar.

 

7. Pentear e desembaraçar de qualquer maneira

 
Penteie no banho e escove quando estiver seco. Utilize um pente de dentes largos para desembaraçar o cabelo no banho após o condicionador. Para pentear o cabelo seco utilize uma escova adequada ao seu tipo de cabelo.

 

8. Pentear da raíz até às pontas do cabelo

 
Para retirar os nós comece por pentear as pontas e vá subindo à medida que vai desembaraçando.

 

9. Deixar cabelo ao vento

 
Quando está muito vento ter o cabelo solto proporciona a criação de nós. O fios ficam mais quebradiços e frisados, sempre que estiver muito vento apanhe o cabelo.

 

10. Prender o cabelo

 
Os penteados  devem ser bem feitos para não quebrar os fios nem prejudicar o couro cabeludo. Prender o cabelo com muita força faz com que a raiz fique tensa, o que aleija e causa desconforto e os fios ficam fragilizados podendo quebrar e cair. Não deve apanhar o cabelo todos os dias ou durante longos períodos de tempo.

 

11. Utilizar secadores, placas alisadoras e modeladores de qualquer maneira

 
O calor em demasia retira a umidade do fio capilar causando pontas duplas e propício à queda. Pode utilizar estes utensílios embora com moderação e aplicar sempre um protetor térmico para proteger o seu cabelo. Ao secar o cabelo finalize com uma rajada de ar fresco para ajudar a fechar a cutícula.

 

12. Utilizar qualquer produto (Queratina hidrolisada)

 
Procure adquirir produtos que contenham na sua constituição queratina hidrolisada. A queratina é uma proteína estrutural essencial para restaurar a resistência do cabelo danificado e obter um cabelo sedoso e bonito.

 

13. Comer tudo (alimentação)

 
“Somos o que comemos”! Procure fazer uma alimentação equilibrada – muitas das vitaminas necessárias para fortalecer o cabelo advêm da comida que ingerimos. Também é importante beber muito água evitando a desidratação.
 

 

Consulte um especialista

 
Se já tem estes cuidados todos e mesmo assim apresenta queda de cabelo ou sente que este continua bastante frágil o melhor é consultar um especialista. Na MediCapilar dispomos de uma equipa médica que o pode ajudar a encontrar o melhor tratamento que se adequa à sua situação. Será feita uma avaliação e após o diagnóstico podemos apresentar-lhe vários tratamentos que efetuamos para conseguir ter o cabelo com que sempre sonhou.
 

 

Sara Baptista Dias, farmacêutica, redatora MediCapilar

 

Consulta de Avaliação Capilar

Está a um passo de mudar a sua vida.

Marque já a sua Avaliação Capilar Gratuita
e sem compromisso



Li e tomei conhecimento da política de privacidade e do direito de informação.